Dissertação (DIGA)

  • 07 Horas de duração
  • 11 Aulas
  • 6 Módulos
  • Certificado de conclusão
Parcele em 12x R$ 10,22 (ou R$ 99,00 à vista) OU
Comprar Agora Dê um passo adiante em sua carreira!
ASSINE JÁ

Obtenha acesso a este e outros cursos

André Luís de Carvalho

No presente curso, você aprenderá cada passo para melhor elaborar a sua resposta na prova de dissertação, valendo-se das melhores técnicas para ler, com percepção, o questionamento suscitado pela banca, para planejar e executar as ações durante a prova e para apresentar o texto definitivo.

A partir, aliás, do domínio da técnica de dissertação, você poderá passar ao estudo das técnicas para a elaboração de respostas nas questões, nos estudos de caso e nos pareceres, entre outras peças técnicas.

1 ano Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 1 ano após a matrícula.

O curso destina-se a todos os candidatos submetidos a provas de elaboração de dissertações.

André Luís de Carvalho
""


André Luís de Carvalho
É Ministro-Substituto do TCU.

Titulação Acadêmica:
– Mestre em Direito, Estado e Instituições pela Universidade Católica de Brasília, 2016;
– Mestre em Aplicações Militares pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais, 1993;
– Bacharel em Direito pelo Centro Universitário Euro-Americano, 2005;
– Bacharel em Ciências Militares como Oficial do Exército pela Academia Militar das Agulhas Negras, 1986.
Principais Atividades Profissionais:
– Ministro-Substituto do Tribunal de Contas da União, desde 2008;
– Auditor Federal no TCU, entre 1999 e 2008, tendo exercido as funções de: Chefe de Gabinete de Ministro; Assessor de Ministro; e Assessor do Ministro-Substituto;
– Conselheiro-Substituto do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, em 2000;
– Capitão do Exército, na reserva, tendo sido nomeado Comandante da 14ª Companhia de Comunicações Mecanizada (Campo Grande – MS), em 1999, e exercido junto ao Exército no período de 1980 a 1999, entre outras, as seguintes funções: chefe da Seção de Administração e Fiscal Administrativo no Parque Regional de Manutenção da 1ª Região Militar (Rio de Janeiro – RJ); e chefe da Seção de Administração e Fiscal Administrativo na 5ª Companhia de Comunicações Blindada (Curitiba – PR).

Principais Atividades Docentes:
– Universidade Católica de Brasília: professor no curso de graduação de Direito, desde 2009, nas disciplinas: Direito Administrativo; e Direito Financeiro;
– Instituto Brasiliense de Direito Público – IDP: professor em cursos de especialização, desde 2009, nas disciplinas: Direito Administrativo; Direito Orçamentário; e Controladoria Governamental;

Principais Trabalhos Intelectuais:
– “O princípio da transparência fiscal sob o aspecto material: a consolidação nacional das contas públicas e a integridade do endividamento público.” Dissertação do mestrado em Direito, Estado e Instituições pela Universidade Católica de Brasília. Brasília: 2016.
– Curso Prático de Direito Administrativo (coautoria). Del Rey editora, 3ª edição. Belo Horizonte: 2011;
– Súmula Vinculante n.º 3 do STF: considerações e alcance.” Revista Âmbito Jurídico (artigo): ISSN 1518-0360 41 – n° 41 – Ano X: 2007;
– “Municípios em Território Federal: e o auxílio ao controle externo?”. Revista Âmbito Jurídico (artigo): ISSN 1518-0360 41 – n° 41 – Ano X: 2007;
– Democracia e Cooperativismo: breve análise comparativa na contratação pública lusobrasileira (coautoria). IDP Cursos e Projetos: ISBN 978-85-65604-45-1. Brasília: 2014;
– Gestão Pública: Inovações, Eficiência e Cooperação no âmbito da Administração Pública (coautoria). IDP Cursos e Projetos: ISBN 978-85-65604-45-1. Brasília: 2013.

Principais Aprovações em Concursos Públicos:
– Ministro-Substituto do Tribunal de Contas da União – CESPE 2007: 1º lugar;
– Procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União – CESPE 2004: 2º lugar;
– Conselheiro-Substituto do Tribunal de Contas do Distrito Federal – CESPE 2003: 1º lugar;
– Conselheiro-Substituto do Tribunal de Contas do Espírito Santo – ESAF 2001: 5º lugar;
– Analista de Controle Externo (Auditor Federal) do Tribunal de Contas da União – ESAF 2000: 4º lugar;
– Conselheiro-Substituto do Tribunal de Contas do Estado de Goiás – CESPE 2000: 2º lugar;
– Analista de Controle Externo (Auditor Federal) do Tribunal de Contas da União – CESPE 1999: 6º lugar;
– Escola Preparatória de Cadetes do Exército – EsPCEx: 1980.


Confira algumas dúvidas mais comuns sobre a emissão e validade do certificado: 

- Meu certificado emitido através deste site tem validação do MEC? 

Os cursos autorizados pelo MEC são de Graduação e Pós-Graduação e as Secretarias Estaduais de Educação autorizam cursos técnicos profissionalizantes e do ensino médio. Cursos online são classificados, por lei, como cursos livres de atualização ou qualificação, ou seja, não se qualifica como graduação, pós-graduação ou técnico profissionalizante. 

Os Cursos Livres, passaram a integrar a Educação Profissional, como Nível Básico após a Lei nº 9.394 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Essa é uma modalidade de educação não-formal com duração variável, a fim de proporcionar conhecimentos que permitam atualizar-se para o trabalho, sem exigências de escolaridade anterior. 

Educação é um direito de todos e é um incentivo a sociedade, previsto por lei na Constituição Federal.  É com essa base que trabalhamos, incentivando a educação. Os cursos livres e os certificados tem validade para fins curriculares e certificações de atualização ou aperfeiçoamento, não sendo válido como técnico, graduação ou pós-graduação. 

- Meu certificado é aceito pelo CREA, CRC e CRM? 

Conforme explicado acima, nossos cursos são de nível básico e livre, ou seja, servem para atualização e qualificação. Todos esses órgãos são de nível superior.

(Fontes: Secretaria de Educação de São Paulo e ABED)

Conteúdo Programático

  • 1. Introdução
  • 1. Prática: "Faça assim..." | Como ler a prova
  • 1. Estrutura / Forma
  • 2. Exemplos de solução para a dissertação apresentada
  • 1. Semântica do item - Parte 01
  • 2. Semântica do item - Parte 02
  • 3. Etapas do planejamento
  • 4. Planejando o desenvolvimento na folha de rascunho
  • 5. Transferência do texto de rascunho para o texto definitivo
  • 1. Tópicos Implícitos, Tópico Tema, Tópico Complexo e Regência do Tópico
  • 1. Etapas de realização da prova e sistema de sinalização
Voltar ao topo